Secretaria de Desenvolvimento Sustentável

SEMDESU

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Sustentável tem a missão de gerenciar o Desenvolvimento Econômico, o Turismo e o Meio Ambiente no município. Entre as inúmeras funções estão o fomento ao empreendedorismo, o respeito aos direitos do consumidor, a inserção ao mercado de trabalho além do gerenciamento de licenças ambientais e a fiscalização, controle e monitoramento de empreendimentos e atividades potenciais e causadoras de poluição hídrica, atmosférica e de solo, exercendo o poder de polícia administrativa, na área de sua competência além de controlar a poluição sonora.


Endereço: Avenida Santa Leopoldina, nº 840, Coqueiral de Itaparica. CEP: 29102-915
Telefone: +55 27 3149-7266



SECRETÁRIO DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL Idalécio Carone Filho
Telefone: +55 27 3149-7266 // E-mail: idalecio.filho@vilavelha.es.gov.br
  • Carlos Alberto de Barros
    ASSESSOR ESPECIAL
    +55 27 3388-4137
    carlos.barros@vilavelha.es.gov.br
  • Carlos Von Schilgen Pereira
    SUBSECRETÁRIO DE TURISMO
    +55 27 3149-7995
    carlos.pereira@vilavelha.es.gov.br
  • Mauricio Luiz Gorza
    SUBSECRETÁRIO DE MEIO AMBIENTE
    +55 27 3149-7265
    mauricio.gorza@vilavelha.es.gov.br

Coordenação de Agricultura e Pesca

53% de área rural

Vila Velha possui 53% de área rural. São 508 propriedades rurais cadastradas. As comunidades estão em Xuri, Jaguaruçu, Tanque, Atlântico II, Mata da Barra, Córrego do Sete, Camboapina, Jabaeté e Retiro do Congo.

No município encontram-se atividades como pecuária de leite e corte, agroindústria (laticínio, cachaça), silvicultura, cana de açúcar, turismo rural, pesca e aquicultura. As culturas agrícolas são variadas, como coco, milho, feijão, cana de açúcar, maracujá, seringueira e eucalipto. Confira os principais projetos:

Hortas Comunitárias/Escolares

Consciência ambiental e conservação dos recursos naturais. Esse é um dos principais objetivos do projeto Hortas Escolares, que começou em abril e já chegou a mais 20 escolas municipais de Vila Velha.

O projeto, que é uma parceria entre as Secretarias de Desenvolvimento Econômico, por meio da Subsecretaria de Agricultura e Secretaria de Educação, tem a intenção de potencializar os trabalhos de divulgação da importância das atividades agrícolas na sobrevivência de todos. E quando mais cedo começar, melhor é o resultado.

A subsecretaria tem promovido encontros de demonstração de produtos como estímulo para os produtores participarem do processo de destinação da agricultura familiar para a merenda escolar, conforme a Lei Federal nº 11.947, de 16 de junho de 2009, e da Resolução nº 38, de 16 de julho de 2009, que regulamentam a compra da agricultura familiar para a alimentação escolar.

Projeto de Programa Patrulha Rural Mecanizada

Visa dotar o município de Vila Velha de patrulha rural mecanizada, voltada ao atendimento das necessidades dos produtores rurais do município como aumento da produção. Os recursos necessários para aquisição dos equipamentos serão provenientes do Governo Federal através do Ministério da Agricultura.

Selo de Inspeção Municipal (SIM)

Será constituído um selo para classificar e conferir qualidade à todos os produtos de origem vegetal e animal da agricultura familiar de Vila Velha. A concepção do SIM está em fase da elaboração em parceria com a Vigilância Sanitária.

Aumento da produção

Executar diferentes projetos de incentivo a produção agrícola e fruticultura por meio de: correção da acidez do solo; investimento em projeto de irrigação com captação de águas das chuvas; implantação de uma Agro Indústria para agregar valor aos produtos; melhorar o rebanho e aumentar a produção com inseminação artificial; implantar o Entreposto Rural para comercialização de produtos; projeto Bio Digestor, aproveitando dejetos de animais para produção de gás e adubo orgânico.

Melhorias nas vias de acesso

As comunidades rurais estão recebendo melhorias nas vias de acesso por meio da parceria com a Secretaria Municipal de Obras. Serviços de patrolamento e iluminação têm sido ampliados em Itapuera, Camboapina e Xuri. Essa iniciativa visa fortalecer o escoamento da produção rural e fortalecer ao agroturismo.

Agroturismo

O circuito de agroturismo de Vila Velha reúne restaurantes, fazendas e pousadas que oferecem ao turista e ao visitante contato direto com a natureza. O município de Vila Velha reúne inúmeras belezas naturais que integram o rural, e o melhor, tudo bem próximo das regiões urbanas.
Você poderá se deliciar com uma tradicional comida caipira nas propriedades rurais que integram os circuitos de Jaguarassu, Morada do Sol, Retiro do Congo, Xuri e Córrego Sete.
Não faltam opções para quem quer sair do agito da cidade grande e desfrutar com a família de um dia tranqüilo.

Vocação para pesca

Vila Velha possui 32 quilômetros de orla com importante vocação para o setor da pesca. O município tem cerca de mil pescadores e 548 embarcações cadastradas, tendo uma média mensal de 250 toneladas de pescado capturado.
As comunidades pesqueiras são as da Prainha, Praia do Ribeiro, da Costa, de Itapuã, de Itaparica, da Barra do Jucu e de Ponta da Fruta. Confira os principais projetos:

Mercado de peixe de Itapuã

Prevê a criação de uma estrutura que atenda os pescadores da colônia, com vistas a permanência da atividade de forma ordenada. Terá uma fábrica de gelo, ambiente para venda do pescado, restaurante, setor administrativo e centro de convivência. A execução depende de parceria com o Governo do Estado e Ministério da Pesca.

Qualificação

Ofertar cursos para formação de novos pescadores, curso de prática com motor a diesel e elétrico, filetagem, artesanato, legislação pesqueira e de respeito ao meio ambiente.

Aumento da produção

Executar diferentes projetos de incentivo ao aumento da produção por meio de: unidade para venda do pescado e armazenamento do material da pesca de Itaparica; implantação de terminal de pesca em Ponta da Fruta; implantação de Barracão em Barra do Jucu; instalação de Píer e entreposto na Praia do Ribeiro; execução de projeto de píer na Prainha.