Áreas de Preservação Permanente (APP)

De: Secretaria de Desenvolvimento Sustentável
Criado: 20 de novembro de 2013

Morro de Argolas

Localizado no bairro Argolas, apresenta Bioma Mata Atlântica.

Regulamentado pelo Art. 2º, da Lei Nº 4771/1965 e ratificado pela Lei Nº 12651/2012 (Código Florestal) que considera de Preservação Permanente as florestas e demais formas de vegetação natural situadas no topo de morros encostas ou parte destas com declividade superior a 45º, equivalente a 100% na linha de maior declive.
 

Morro do Pão Doce

Localizado no bairro São Torquato, apresenta Bioma Mata Atlântica.

Regulamentado pelo Art. 2º, da Lei Nº 4771/1965 e ratificado pela Lei Nº 12651/2012 (Código Florestal) que considera de Preservação Permanente as florestas e demais formas de vegetação natural situadas no topo de morros encostas ou parte destas com declividade superior a 45º, equivalente a 100% na linha de maior declive.
 

Lagoa de Jacuném

Localizada na Ponta da Fruta, apresenta Bioma Mata Atlântica, e ecossistema de Restinga.

Regulamentado pelo Art. 2º, da Lei Nº 4771/1965 e ratificado pela Lei Nº 12651/2012 (Código Florestal) que considera de Preservação Permanente as florestas e demais formas de vegetação natural situada ao redor das lagoas, lagos ou reservatórios d’água naturais ou artificiais. A Lagoa tem uma área de 100,00 há.
 

Morro da Ucharia

Localizado no bairro Prainha, apresenta Bioma Mata Atlântica.

Regulamentado pelo Art. 2º, da Lei Nº 4771/1965 e ratificado pela Lei Nº 12651/2012 (Código Florestal) que considera de Preservação Permanente as florestas e demais formas de vegetação natural situada no topo de morros encostas ou parte destas com declividade superior a 45º, equivalente a 100% na linha de maior declive.
 

Morro do Convento

O Morro do Convento localiza-se em Prainha, Vila Velha e constitui um importante monumento natural, paisagístico e histórico-cultural, fazendo parte das áreas de remanescentes da Mata Atlântica do Espírito Santo.

Regulamentado pelo Art. 2º, da Lei Nº 4771/1965 e ratificado pela Lei Nº 12651/2012 (Código Florestal) que considera de Preservação Permanente as florestas e demais formas de vegetação natural situadas no topo de morros encostas ou parte destas com declividade superior a 45º, equivalente a 100% na linha de maior declive.

O Santuário da Penha abrange uma área de 632.226 m² que abriga também um fragmento de Mata Atlântica que é cuidadosamente preservada por meio de parceria com a iniciativa privada. O Morro apresenta 160 m de altitude e é um dos locais mais visitados do Estado, pois em seu cume foi edificado no século XVI, o Convento da Penha. Trata-se de um maciço rochoso litorâneo, de formações graníticas e gnáissicas.
 

Morro do Moreno

O Morro do Moreno localiza-se na Praia da Costa, Vila Velha e constitui um importante monumento natural, fazendo parte das áreas de remanescentes da Mata Atlântica do Espírito Santo.

Regulamentado pelo Art. 2º, da Lei Nº 4771/1965 e ratificado pela Lei Nº 12651/2012 (Código Florestal) que considera de Preservação Permanente as florestas e demais formas de vegetação natural situadas no topo de morros encostas ou parte destas com declividade superior a 45º, equivalente a 100% na linha de maior declive.

O Morro do Moreno abrange uma área de 580.647,98 m² que abriga também um fragmento de Mata Atlântica. O Morro apresenta fauna diversificada, remanescentes de Mata Atlântica e vegetação rupestre. A área é utilizada pela população para práticas esportivas, caminhadas e voo livre.

Diagnóstico Ambiental

 

Morro do Cruzeiro

O Morro do Cruzeiro com área de 88.393,79 m² localiza-se entre os bairro de Jardim Colorado, Santos Dumont, Jardim Guadalajara, Brisamar e Guadalupe, Vila Velha e constitui um importante maciço rochoso integrante da paisagem urbana, com cobertura vegetal representada por remanescentes da Mata Atlântica do Espírito Santo.

Regulamentado pelo Art. 2º, da Lei Nº 4771/1965 e ratificado pela Lei Nº 12651/2012 (Código Florestal) que considera de Preservação Permanente as florestas e demais formas de vegetação natural situadas no topo de morros encostas ou parte destas com declividade superior a 45º, equivalente a 100% na linha de maior declive.
 

Morro do Jaburuna

O Morro do Jaburuna com área de 723.121,49 m² localiza-se no bairro Olaria, Vila Velha e é disposto por um complexo de três maciços rochosos litorâneos, denominados de Jaburuna, Soares e Inhoá. Apresenta diversas espécies de animais e remanescentes de Mata Atlântica.

Regulamentado pelo Art. 2º, da Lei Nº 4771/1965 e ratificado pela Lei Nº 12651/2012 (Código Florestal) que considera de Preservação Permanente as florestas e demais formas de vegetação natural situadas no topo de morros encostas ou parte destas com declividade superior a 45º, equivalente a 100% na linha de maior declive.
 

Lagoa Encantada

A Lagoa Encantada com área de 1.194.804,85 m² localiza-se no sudoeste do entroncamento das rodovias Carlos Lindemberg e Darly Santos, no bairro Vale Encantado, Vila Velha e na área pode-se encontrar diversas espécies de animais e, também, fragmentos de Mata Atlântica, manguezal e corpos hídricos. 

Regulamentado pelo Art. 2º, da Lei Nº 4771/1965 e ratificado pela Lei Nº 12651/2012 (Código Florestal) que considera de Preservação Permanente as florestas e demais formas de vegetação natural situadas no topo de morros encostas ou parte destas com declividade superior a 45º, equivalente a 100% na linha de maior declive.
 

Lagoa de Jabaeté

A Lagoa de Jabaeté com área de 3.402.037,69 m² localiza-se entre os bairros de Ulysses Guimarães e Jabaeté, Vila Velha. É uma lagoa costeira que abriga várias espécies de animais e vegetais.

Regulamentado pelo Art. 2º, da Lei Nº 4771/1965 e ratificado pela Lei Nº 12651/2012 (Código Florestal) que considera de Preservação Permanente as florestas e demais formas de vegetação natural situadas no topo de morros encostas ou parte destas com declividade superior a 45º, equivalente a 100% na linha de maior declive.

A PMVV contratou uma empresa para realizar o diagnóstico ambiental da área objetivando estabelecer a categoria de Unidade de Conservação a ser instituída.