Complexo Portuário

De: Secretaria de Desenvolvimento Econômico
Criado: 20 de novembro de 2013

Complexo Portuário

O complexo portuário de Vila Velha é considerado um dos mais modernos e competitivos da América Latina. Conta com cinco terminais de transporte de cargas diversas, como alimentos, produtos siderúrgicos, minério de ferro, matérias-primas em geral, equipamentos eletroeletrônicos, roupas, veículos e granéis sólidos e líquidos. De acordo com dados da administração, cerca de 88% das cargas que chegam ao Estado entram por Vila Velha, sendo que 60% chegam pela BR 101 e 28% pela BR 262. Desse total, 66% saem por Vila Velha.

Terminal de Vila Velha – TVV

Porto público, arrendado e operado pela empresa Log-In, localizado no Cais de Capuaba. Opera 24 horas. Tipos de carga: produtos siderúrgicos, mármores e granitos, café, automóveis, granéis sólidos, bobinas de papel e celulose com a utilização de contêineres. Retroárea: 100 mil metros quadrados. Área coberta: 13.500 metros quadrados. Comprimento dos berços: 450 metros. Calado: 10,67 metros. Capacidade: dois navios do tipo Panamax.

Terminal de Capuaba

Porto público, administrado pela Companhia Docas do Espírito Santo (Codesa). Opera 24 horas. Tipos de carga: cereais e cargas em geral. Outros serviços: Dolphins – manutenção em navios. Retroárea: 12.800 metros quadrados. Comprimento dos berços: 396 metros. Calado: 10,67 metros. Capacidade: um navio tipo Panamax.

Terminal de Granéis Líquidos

Porto público, administrado pela Companhia Docas do Espírito Santo (Codesa), localizado em São Torquato. Comprimento dos berços: 162 metros. Tipos de carga: diesel, gás, álcool. Calado: 8,23 metros. Pátio: 28 mil metros quadrados. Tanques de combustível: 50.000 metros cúbicos. Capacidade de bombeamento: 500 metros cúbicos por hora.

Companhia Portuária de Vila Velha (CPVV)

Terminal privado destinado aos serviços de apoio off-shore à indústria de petróleo. Dispõe de equipamentos para abastecimento de água potável e óleo diesel, armazenagem em áreas alfandegadas, gestão de resíduos com equipamentos e aterros licenciados por órgãos ambientais. Opera 24 horas. Comprimento dos berços: 285 metros. Tipos de carga: granéis líquidos, granéis sólidos, contêineres, cestas, tubos, peças e materiais diversos para o setor petrolífero. Capacidade: quatro embarcações tipo Suppy Boat. Calado: 9,15 metros. Retroárea: 55 mil metros quadrados.

Terminal Portuário Peiu (TPP)

Terminal privado operado pela empresa Peiu, localizada no Cais de Paul. Serve de base de apoio para atividade petrolífera e dispõe de acesso ferroviário, área de armazenagem alfandegada, taques para material líquido e granel, serviços de coleta, transporte e destinação de resíduos licenciados por órgãos ambientais, além de área para instalação de tubos. Opera 24 horas. Comprimento: 260 metros. Calado com flutuante: 9,75 metros. Retroárea: 52 mil metros quadrados. Área para armazenamento: 40 mil metros quadrados.