Leis cedem áreas a instituições e ampliam atendimento social em Jardim Asteca


De: Secretaria de Assistência Social, Secretaria de Esporte e Lazer, Secretaria de Gabinete
Texto: Érico Miranda| Foto: Felix Falcão
Criado: 30 de janeiro de 2020

O prefeito Max Filho sancionou três leis de autoria do Poder Executivo (6.289; 6.290; e 6.291/2020) que concedem gratuitamente à população local, à uma associação beneficente e ao Governo do Estado o uso de três áreas municipais contíguas (com extensão de aproximadamente 13 mil metros quadrados) localizadas no bairro Jardim Asteca.
 
As áreas foram cedidas à Associação de Moradores de Jardim Asteca (AMOJAST); à Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de Vila Velha; e ao Governo do Estado, que construiu o prédio onde funciona o Cras da Região 2.
“Essas três leis darão segurança jurídica à comunidade de Jardim Asteca e região. A legalidade destas áreas permite a implantação de maiores empreendimentos sociais nesta região”, afirmou Max Filho.

As áreas estão localizadas próximas ao campo de futebol (que poderá receber uma arquibancada) do bairro e do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) local, que atende à Região 2 de Vila Velha, também conhecida como Grande Ibes.

“Moro em Jardim Asteca há 49 anos. Somente no campo de futebol do bairro há um projeto social que envolve 170 crianças. A Apae, por exemplo, poderá construir uma sede no bairro e atender as crianças de toda a região. A municipalização e cessão desta área, por parte da Prefeitura de Vila Velha, às entidades e ao Governo do Estado, promoverão um maior desenvolvimento social à população local”, declarou o vereador Antônio José Siqueira (PM Chico Siqueira). 




SERVIÇOS PARA


ACESSO RÁPIDO