Operação de fiscalização integrada inibe festas clandestinas em seis bairros


De: Secretaria de Defesa Social e trânsito
Texto: Vandique Magalhães| Foto: Vandique Magalhães
Criado: 02 de dezembro de 2019

Uma operação de fiscalização realizada na madrugada deste domingo (1) pela Prefeitura de Vila Velha, Polícia Militar e Guarda Municipal resultou na desarticulação de festa e desobstrução de uma via em São Torquato, e também na notificação de um estabelecimento, em Jardim Guaranhus, por irregularidade no funcionamento. A ação também foi realizada em pelo menos seis bairros como medida preventiva.
 
No início da operação, na noite de sexta-feira (30), um bar, em Jardim Guaranhus, foi notificado pela fiscalização de Postura por estar com o alvará de funcionamento vencido. Outra notificação foi aplicada pela equipe da Vigilância Sanitária para adequações sanitárias.
 
Antes disso, as equipes da Força Tática do 4º Batalhão da Policia Militar e da Guarda Municipal fizeram abordagens a suspeitos no local, que já é um ponto conhecido pelo intenso tráfico de drogas e pela realização de festas em frente ao estabelecimento.
 
A outra ação de fiscalização aconteceu em uma rua do bairro de São Torquato que estava bloqueada para uma festa, com a utilização de som automotivo muito alto em meio a via. Os organizadores encerraram a festa logo que perceberam a fiscalização e houve dispersão natural das mais de 150 pessoas que estavam no local.
 
Depois, as equipes ainda seguiram em patrulhamento preventivo em outros bairros famosos pela organização de festas clandestinas do tipo Mandelas, como no bairro Primeiro de Maio, Sagrada Família, Vila Garrido, Nossa Senhora da Penha e Jardim Guadalajara, mas nada foi encontrado.
 
O secretário de Defesa Social e Trânsito, cel. Oberacy Emmerich Junior, que coordenou a operação, a classificou como bem sucedida. “Já estamos a quase um ano sem registro de atos de violência decorrentes dessas festas clandestinas, que sob o verniz de lazer, são utilizadas para o tráfico de drogas ostentação de poder por parte de grupos criminosos”, avaliou.
 
Participaram da operação três viaturas da Força Tática do 4º Batalhão da Polícia Militar, três da Guarda Municipal, além das equipes de fiscalização Urbanística, de Posturas, Vigilância Sanitária, Meio Ambiente e Ouvidoria.


SERVIÇOS PARA


ACESSO RÁPIDO