Moradores de Jabaeté recebem 50 títulos de regularização fundiária


De: Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Mobilidade
Texto: Peggy Maressa| Foto: Fabricio Lima
Criado: 08 de novembro de 2019

O sonho se tornou realidade para mais de 50 famílias de Jabaeté. Elas receberam certidões de regularização fundiária, documento que garante a propriedade plena do imóvel. A ação foi realizada no dia 5 de novembro, na Associação de Moradores de Terra Vermelha.

A felicidade tomou conta dos moradores, como a Joelma Oliveira de Pereira, que recebeu o título definitivo e virou dona efetivamente do imóvel, o qual adquiriu e onde mora há 12 anos. “Agradeço a Deus e depois a Prefeitura que tem olhado para as pessoas de baixa renda. Estou muito feliz e satisfeita com a minha casa. Sim, agora é minha”, contou radiante.

O cabelereiro Evanildo Seabra também comemorou a conquista. “É um documento de grande importância. A gente só pode dizer que é dono do imóvel com o título definitivo. Só Deus sabe o quanto foi difícil conseguir comprar minha casa. E agora estou muito feliz, sem palavras. Eu também parabenizo a Prefeitura por essa atitude”, ressaltou.

Na cerimônia de entrega das certidões de regularização fundiária, o prefeito de Vila Velha, Max Filho, afirmou que a previsão de entrega pelo município são de 240 certidões, somente em Jabaeté. “A gente está entregando apenas 50 certidões, mas poderiam ser entregues 240. Isso depende dos moradores que precisam apresentar as documentações”, explicou o prefeito.

Em Vila Velha são mais de 2.500 lotes a serem regularizados, distribuídos em diversos bairros da cidade. O objetivo da Prefeitura é regularizar a situação de bairros originários de loteamentos públicos, com a finalidade de conceder às famílias as escrituras dos imóveis em que moram. A viabilização da regularização fundiária, além de valorizar os imóveis, faz com que as famílias tenham mais segurança jurídica sobre a propriedade.

“A regularização fundiária tem, entre seus principais benefícios, a garantia da segurança jurídica do imóvel e a proteção contra despejos. Auxilia na comprovação de endereço oficialmente e em financiamentos para melhorias do imóvel”, explicou a secretária municipal de Desenvolvimento Urbano e Mobilidade (Semdu), Caroline Jabour. 


SERVIÇOS PARA


ACESSO RÁPIDO