Mais de 4 mil cães e gatos vacinados contra raiva em Vila Velha


De: Secretaria de Saúde
Texto: Marcelo Martins| Foto: Divulgação
Criado: 07 de setembro de 2019

Mais de quatro mil cães e gatos da zona rural de Vila Velha foram vacinados contra raiva durante a campanha executada por agentes da Unidade Vigilância de Zoonoses da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), entre os mês de agosto e neste início de setembro.

”Superamos a meta inicial que era de 2.500 animais em praticamente o dobro”, comemora a coordenadora da Vigilância de Zoonoses, médica veterinária Vanessa Andrade Pachito.
 
A campanha antirrábica foi feita pelo sistema porta a porta das propriedades da zona rural em Xuri, Córrego Sete, Fazenda do Gerente, Termas, Retiro do Congo, Morro da Lagoa, parte de Terra Vermelha, parte de Balneário de Ponta da Fruta, Itapuera da Barra, Vila Magesk e Fazenda Camping.

Além de priorizar a vacinação na zona rural por ser considerada área de risco, a Unidade de Vigilância de Zoonoses mantém a vacinação de rotina no posto fixo da unidade na avenida Carlos Lindenberg, bairro Alecrim, de segunda a sexta-feira, das 7h às 16h30 h.

Raiva mata

O vírus da raiva é altamente letal para cães e gatos e pode ser transmitido para os seres humanos através do vírus rábico presente na saliva do animal contaminado, sendo também mortal para humanos.

Sintomas
- Os sintomas do animal raivoso são caracterizados pela perda do apetite, baba frequente, permanência em locais isolados e escuros, cauda caída e cansaço, permanecendo sempre no chão.
- Somente cães e gatos são passíveis de serem observados e esta observação ocorre durante 10 dias.
- Após a mordida, a vítima deve procurar imediatamente o médico e o animal deve ficar isolado em um local seguro para observação.


SERVIÇOS PARA


ACESSO RÁPIDO