Alunos e famílias comemoram início das aulas na Umef “Dijayro Gonçalves Lima”


De: Secretaria de Educação
Texto: Érico Miranda| Foto: Felix Falcão
Criado: 04 de setembro de 2019

Alunos, professores e funcionários já estão frequentando a Unidade Municipal de Ensino Fundamental (Umef) “Dijayro Gonçalves Lima”, localizada em Barramares. Inaugurada pela Prefeitura de Vila Velha no sábado (31), as aulas na escola começaram nesta terça-feira (3), cumprindo cronograma estabelecido pela Secretaria Municipal de Educação (Semed).

A dona de casa Eliana Costa, mãe do pequeno Moisés, de 7 anos (aluno do 1 Ano), comemorou a inauguração da Umef “Dijayro Gonçalves Lima”: “A escola é muito bonita, ampla e equipada. A Prefeitura está de parabéns!”.

Construída sob um método inovador, baseado em material denominado concreto PVC, a Ordem de Serviço para a construção da unidade foi assinada pelo prefeito Max Filho no dia 11 de fevereiro. Portanto, em aproximadamente seis meses o a escola já estava totalmente edificada.

“A unidade foi entregue à população com todos os equipamentos e quadro de profissionais necessários para dar às crianças da região um ensino de qualidade”, ressaltou o secretário municipal de Educação, Roberto Beling.

Inicialmente, 200 alunos estudarão na Umef “Dijayro Gonçalves Lima”, mas, a partir de 2020, a unidade receberá 400 estudantes. Com recursos próprios, a Prefeitura de Vila Velha investiu R$ 4.779.255,06 na construção da escola, realizada pela Destak Construtora e Incorporadora, contratada por meio de licitação pública. 

“Fizemos um trabalho de busca ativa dos alunos em todas as escolas municipais da Grande Terra Vermelha (Região 5), informando às comunidades sobre o planejamento da unidade”, declarou o diretor da unidade, Wesley Lima Ramos, que, ao lado de professores, coordenação e equipe pedagógica, recebeu os alunos no primeiro dia de atividades da escola.

Estrutura e homenagem

A edificação de um pavimento conta com oito salas de aula, pátio coberto, quadra poliesportivo, parquinho, biblioteca, laboratório de informática, sala de recurso multifuncional para o Atendimento Educacional Especializado (AEE), banheiros acessíveis, dois reservatórios de água e acesso pleno a pessoas com deficiência.
 
A Umef de Barramares recebe o nome de “Dijayro Gonçalves Lima”, saudoso escritor e servidor público, autor do livro “Vila Velha, Seu Passado e Sua Gente”. O literato faleceu em 2014. 
 
5 mil vagas

Esta é a segunda escola que Prefeitura de Vila Velha inaugurou em 2019. Em fevereiro, a Umef “Professora Leopoldina de Mattos”, no Ibes. Estão sendo construídas as unidades municipais de Educação Infantil (Umeis) de São Torquato, Alecrim ("Julierme da Cruz Dias/Pedacinho do Céu"), e Praia das Gaivotas e a Umef de Alvorada ("Gil Bernardes").

Já foram assinadas as ordens de serviço para a construção das Umeis de Jabaeté, Jaburuna, São Conrado e Ulisses Guimarães. O plano de expansão na Educação prevê a criação de aproximadamente 5 mil vagas para crianças de todas as 5 regiões do município.


SERVIÇOS PARA


ACESSO RÁPIDO