Plano de Contingência para remoção de pacientes em caso fortes chuvas


De: Secretaria de Defesa Social e trânsito
Texto: Paulo Borges Filho| Foto: Divulgação
Criado: 12 de agosto de 2019

Um Plano de Contingência para remoção de pacientes e funcionários do Pronto Atendimento e Hospital Maternidade de Cobilândia em casos de alagamento e/ou inundações está sendo elaborado pela atual gestão. À frente dos trabalhos está a Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil, a Direção do Hospital Maternidade de Cobilândia (HMC), e o Corpo de Bombeiros Militar (CBMES), por intermédio da 2ºCia/1ºBBM e da Regional de Proteção e Defesa.
 
O Plano de Contingência definirá os procedimentos e as atribuições que cada órgão e instituição deverão adotar para uma resposta efetiva na remoção dos pacientes. Ele será uma importante ferramenta de auxílio para a minimização dos efeitos dos alagamentos no hospital, avalia o assessor especial da Defesa Civil Marcelo D’Isep.
 
Na tarde da última terça-feira (06), uma reunião foi realizada no HMC para ajustes e validação das ações e responsabilidades de cada órgão, além da avaliação da necessidade do envolvimento de outras agências. Foram integrados ao Plano de Contingência: o 38º Batalhão de Infantaria, a Guarda Municipal de Vila Velha e a Secretaria Estadual de Saúde.
 
O capitão BM Mancini – Comandante da 2ºCia/1ºBBM com sede em Vila Velha destaca que o PA e HMC tem um histórico antigo de alagamentos e da necessidade de atuação da Corporação e do 38º BI para remoção das pessoas. Frisou ainda que o planejamento das ações com antecedência e no período de normalidade é muito importante.
 
Na oportunidade, a Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil doou 10 (dez) jardineiras de PVC com bota acoplada para que os funcionários do PA e HMC possam estar protegidos em caso de alagamentos e inundações.


SERVIÇOS PARA


ACESSO RÁPIDO