Junho Vermelho: Vila Velha no combate ao trabalho infantil


De: Secretaria de Assistência Social
Texto: Priscilla Contarini| Foto: Comunicação/PMVV
Criado: 06 de junho de 2019

O trabalho infantil é ilegal e, muitas vezes, impede crianças e adolescentes de frequentarem a escola. Pensando nisso, a Prefeitura de Vila Velha realizará, nessa sexta-feira (07), a abertura da campanha Junho Vermelho “Vila Velha no combate ao trabalho infantil”, de 9h às 12h, no auditório da Prefeitura, localizada na Av. Santa Leopoldina.

O evento contará ainda com palestras, debates e apresentação das crianças do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculo dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) de Paul e Jardim Asteca.

Durante todo o mês, ações de conscientização e palestras também serão realizadas nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) distribuídos nas cinco regiões do município. O ponto alto das ações de mobilização para o “Junho Vermelho” será no dia 12, quando é celebrado o Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil.

Entre 1992 e 2015, 5,7 milhões crianças e adolescentes deixaram de trabalhar no Brasil, o que significou uma redução de 68%, segundo a Organização Internacional do Trabalho. Mas o desafio ainda é muito grande, segundo a secretária municipal de Assistência Social, Ana Cláudia Simões.

“O trabalho infantil é uma grave violação dos direitos humanos. É essencial garantir às crianças e aos adolescentes vivências próprias da infância e que contribuem decisivamente para o seu desenvolvimento”, ressaltou.
 
Serviço
ABERTURA CAMPANHA JUNHO VERMELHO – “Vila Velha no Combate ao Trabalho Infantil”
Data: 07/06/2019
Horário: 9h
 Local:  Auditório da Prefeitura – Av. Santa Leopoldina, 840. Coqueiral de Itaparica.
 
Programação
Palestras:
10h10 – “O que é trabalho infantil? E as suas piores formas” - Palestrante: Suzane Schulz Ribeiro, Juíza do Trabalho e Gestora regional no programa de combate ao trabalho infantil e estímulo à aprendizagem.
11h00 – “A aprendizagem como porta de entrada para o público do trabalho infantil” – Palestrante: Érika de Faria Gusmão – Assistente Social e Assistente de Diretoria da COEP – Centro de Orientação e Encaminhamento Profissional.
11h40 – Debate 12h00 – Considerações finais e encerramento.


SERVIÇOS PARA


ACESSO RÁPIDO