Escombros do prédio que desabou no bairro Itapuã foram removidos


De: Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Mobilidade
Texto: Peggy Maressa| Foto: Felix Falcão
Criado: 04 de junho de 2019

Os escombros do prédio que desabou, na rua Milton Caldeira, no bairro Itapuã, em Vila Velha, foram totalmente removidos no último sábado (1º de junho). Cerca de 500 toneladas de escombros foram retirados e destinados a um local devidamente licenciado.

O desabamento ocorreu na manhã da sexta-feira (24) e tratava-se de edificação particular. O entulho foi removido pela empresa UreSerra Gerenciamento de Resíduos, contrata de forma emergencial para a remoção, feita em pouco mais de um dia.

A Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Mobilidade (Semdu) informou que o imóvel não respeitava as legislações edilícias municipais e recebeu ações fiscais dada a sua irregularidade. Além disso, existem ações de interdição por parte da Defesa Civil.

Segundo o artigo 17 da Lei 2.915/94, o acondicionamento, remoção, transporte, tratamento, destinação dos respectivos resíduos e disposição final ambientalmente adequada do resíduo especial, gerado em imóveis residenciais, não residenciais ou mistos, são de exclusiva responsabilidade de seus proprietários. Eles já foram notificados. O não cumprimento da lei constitui infração gravíssima.

Desabamento

O prédio, situado na rua Milton Caldeira, em Itapuã, Vila Velha, desabou na manhã da sexta-feira (24), e tratava-se de edificação particular. Deste modo, é de responsabilidade do proprietário do imóvel mantê-la em perfeito estado de conservação.

A equipe da Defesa Civil da Prefeitura esteve no local para averiguar o ocorrido e auxiliar a atuação do Corpo de Bombeiros durante a varredura do local, após o desabamento. O prédio contava com cinco pavimentos (contabilizando o térreo) e não respeitava as legislações municipais e recebeu ações fiscais dada a sua irregularidade.

Participaram da ação cerca de 20 membros do Corpo de Bombeiros e 18 funcionários da Prefeitura, entre Limpeza, Transporte e Defesa Civil.


SERVIÇOS PARA


ACESSO RÁPIDO