Festa da Penha: Resignação, fé e emoção marcam a Romaria dos Homens


De: Secretaria de Gabinete, Secretaria de Cultura
Texto: Vandique Magalhães| Foto: Felix Falcão
Criado: 28 de abril de 2019

Resignação, fé e emoção durante a principal procissão religiosa da Festa da Penha, a Romaria do Homens, realizada na noite deste sábado (27). Depois de 14 km da Catedral de Vitória ao Parque da Prainha, em Vila Velha, homens, mulheres, jovens e crianças ao cruzarem a reta final da chegada lançavam, de baixo, olhares cansados, contritos, porém felizes sobre o Convento da Penha.

Em meio a orações, cânticos e invocações ao nome de Nossa Senhora da Penha, os romeiros, entre os quais gente simples do povo a políticos importantes do Estado, completavam o percurso da principal procissão religiosa que culminou com uma celebração final no Parque da Prainha.

Na chegada da romaria, o prefeito Max Filho, como costumeiramente faz todos os anos, recepcionava os fiéis. “Vila Velha recebe de braços abertos a todos os romeiros que vem à cidade nesse período, com uma festa organizada, com as ruas bem-cuidadas e limpas”, destacou. E completou: “É um verdadeiro rio de gente que chega desaguando aqui na Prainha”, classificou.

Mensagem de fé

“O amor à Deus e ao próximo é o verdadeiro segredo de uma nação feliz”, destacou Max Filho em uma mensagem aos romeiros: “Uma mensagem de fé, esperança em Deus, no futuro dessa nação, na capacidade de trabalho, de empreender do povo brasileiro, no sentido de superar dificuldades, obstáculos, não alimentar o ódio, a intolerância, mas alimentar a paciência, a caridade, a compreensão, de amor ao próximo”.

O governador Renato Casagrande também foi recepcionado pelo prefeito canela-verde. E comentou: “Eu participo há mais de 20 muitos anos da Romaria do Homens. E o meu pedido a Nossa Senhora da Penha é sempre o mesmo: É paz para o nosso país, nosso estado e para as nossas famílias”, revelou. E completou: “E que nós possamos ter sabedoria neste momento para que a gente governe bem o nosso Estado. E que Nossa Senhora da Penha, como padroeira, possa nos dá força cada vez mais para nos orientar”, pediu.

Participações

A jovem de Viana, Geicielly dos Santos Lira, 20 anos, chegava ao final da caminhada aos prantos por causa de dores nos joelhos, mas não desistia. “Isso é impulsionado pela fé que tenho em Nossa Senhora da Penha”, contou sob alegação de que participa há 3 anos a procissão que alcançou uma bênção de saúde graças a santa. O namorado Bruno Perim Carreiri, de 23 anos, também a acompanhava na peregrinação.

Outro jovem participante da romaria era o jornalista Matheus Kindle, de 23 anos, que era acompanhado por mais três membros da família. “Eu participo desde os meus 8 anos de idade trazido sobre os ombros do meu pai”, contou. E ainda acrescentou: “Eu não deixo de vir na romaria e nem na missa de encerramento em função de uma graça que alcancei”, confidenciou.

“Mesmo sendo espírita, sou devoto da santa há 50 anos”, confessou o aposentado Antônio Carlos Rodrigues, 75 anos, morador do Ibes, que participa da Romaria há muitos anos. Ele estava acompanhado da filha e por duas netas.  

Ainda participaram em meio à multidão de romeiros os deputados federais Evair de Melo e Helder Salomão, o deputado estadual Sérgio Majeski, o secretário estadual de Governo, Thiago Hoffmann, o ex-prefeito de Vila Velha, Magno Pires, os secretários municipais de finanças, Ricardo Pasolini, e de Administração, Rafael Gumiero, além dos vereadores João Artem e Dona Arlete.




SERVIÇOS PARA


ACESSO RÁPIDO