Aumenta número de atendimentos para liberação do FGTS


De: Secretaria de Defesa Social e trânsito
Texto: Vandique Magalhães| Foto: divulgação
Criado: 12 de março de 2019

Cresce o número de atendimentos para liberação do FGTS a moradores afetados pelas chuvas de 2018 a três dias do prazo final para requerer o benefício que se encerra na próxima sexta-feira (15). Nesta terça-feira (12), 979 pessoas foram atendidas por servidores da Prefeitura de Vila Velha no posto da Associação dos Empregados da Cesan, em Cobilândia. Até agora, quase 6 mil moradores já foram atendidos.

A previsão inicial era de um público entre 8 e 10 mil moradores de 21 bairros, 2 loteamentos e 284 vias afetados pelas chuvas de novembro de 2018 que poderiam requerer o benefício. Para isso, a Prefeitura montou um esquema especial de atendimento em dois postos, um em Cobilândia e o outro na sede da Defesa Civil, no Centro, que funcionou até durante o último final de semana. O atendimento presencial foi antecedido pela opção de o morador fazer todo o processo de liberação pelo telesserviço da Caixa Econômica Federal.

O assessor adjunto da Defesa Civil, Augusto Bandeira, alerta para o fato de que não haverá prorrogação do prazo de atendimento. “Não será mais possível. Por isso, é bom que os moradores se apresentem nos postos com os documentos exigidos para evitar retornos desnecessários”, alertou.

O secretário de Defesa Social e Trãnsito, cel. Oberacy Emmerich Júnior, também informou que não há mais possibilidade da inclusão de novas listas de bairros. “Quando o município decretou a situação de emergência tivemos que apresentar um georreferenciamento das áreas atingidas, com ruas, bairros, sob pena de não termos o reconhecimento do governo federal com relação a situação que vivenciamos à época”, explicou. E acrescentou: “Agora não é mais possível a inclusão de novos locais”, completou.

Documentos

Os moradores devem se apresentar nos postos com os originais e as cópias do documento de identidade, Carteira Profissional e do comprovante de residência. Caso o comprovante de residência esteja em nome de terceiros, o beneficiário deverá apresentar uma declaração, com firma reconhecida e os originais e cópias autenticadas do documento de identidade e comprovante de residência do declarante, preferencialmente, do mês de outubro ou novembro.
Antes do atendimento verifique se o seu endereço está na lista (link).
 
Confira se seu endereço está na lista

Documentos obrigatórios (original):
• Comprovante de residência no período de outubro e novembro de 2018;
• Documento de identidade do beneficiário com foto;
• Carteira Profissional;
• CPF.
 
Observação: Caso o comprovante de residência esteja em nome de terceiros, o beneficiário deve apresentar uma declaração com firma reconhecida, bem como os documentos originais e copias autenticadas do declarante.
 
PERÍODO: Até o dia 15/03 de 8 às 15 horas
 
POSTO DE ATENDIMENTO
 
1. Associação dos Empregados da CESAN (AEC) - Rua Fênix, 152 - Cobilândia, Vila Velha. Bairros a serem atendidos das regiões 3 e 4: Aribiri, Ataíde, Dom João Batista, Primeiro de Maio, Santa Rita, Zumbi dos Palmares, Alecrim, Alvorada, Cobilândia (e seus loteamentos Vila da Vitória e Nova Cobilândia), Jardim Marilândia, Nova América, Rio Marinho.
 
2. Coordenação de Defesa Civil - Avenida Champagnat, 792, sala 201, Centro (em frente ao Colégio Marista) Bairros atendidos nas regiões 1, 2, 5: Cristóvão Colombo, Ilha dos Ayres, Ibes, Pontal das Garças, Santa Inês, Santos Dumont, Vila Guaranhuns, Cidade da Barra, Ulisses Guimarães.




SERVIÇOS PARA


ACESSO RÁPIDO