Prefeitura tem sinal verde para financiamento de mais R$ 100 milhões


De: Secretaria de OBRAS, Secretaria de Gabinete, Secretaria de Planejamento e Projetos Estratégicos
Texto: Vandique Magalhães| Foto: Felix Falcão
Criado: 26 de fevereiro de 2019

A Prefeitura de Vila Velha recebeu sinal verde da Secretaria de Tesouro Nacional (STN) para a contratação do  financiamento externo de mais de R$ 100 milhões, junto ao Fundo de Desenvolvimento da Bacia do Prata (Fonplata), para a execução de obras de requalificação urbana em 34 bairros da cidade. O prefeito Max Filho foi quem deu a boa notícia durante a Assembleia Popular realizada na noite desta segunda-feira (25), no Teatro Municipal, Centro.

O processo de financiamento externo entra agora na etapa final de negociação entre o município, o Fonplata e o Ministério do Planejamento (Governo Federal) com o objetivo de alinhar as condições financeiras para a assinatura do contrato. “Tivemos nesta segunda-feira (25) essa boa notícia. Os projetos de engenharia relativos ao financiamento serão tocados”, enfatizou Max Filho.

Durante o encontro, o prefeito ainda falou sobre o esforço da administração municipal em assegurar os recursos de R$ 42 milhões para a retomada das obras do Programa de Macrodrenagem da Bacia do Aribiri e também para a construção de unidades de saúde no município.

“Nós priorizamos os projetos que contemplam investimentos federais que estavam paralisados, sob pena de perdermos os recursos”, destacou Max Filho. “Estamos aguardando as instruções para a finalização do empréstimo para uma obra contratada em 2004 e paralisada em 2012, mas que será retomada”, resumiu o secretário municipal de Planejamento e Projetos Estratégicos, Ricardo Santos.

As unidades de saúde de Vila Batista e do bairro Divino Espírito Santo já estão em processo de licitação pública com as empresas responsáveis pelas obras, já contratadas. Restam ainda a Unidade de Saúde de São Torquato e a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Riviera da Barra, que já estão em fase final de processo licitatório.

Durante a reunião, Max Filho também ressaltou que a gestão municipal seguirá apoiando as manifestações culturais da cidade, respeitando a legalidade, como foi feito com as escolas de samba GRES Independentes de São Torquato e Mocidade Unida da Glória (MUG), que desfilaram no último final de semana no Sambão do Povo, Vitória.

“A Secretaria Municipal de Cultura não vai investir naquilo que a Constituição não determina. Por isso, a Prefeitura de Vila Velha continuará apoiando todas as manifestações da cultura popular da cidade”, enfatizou.

Ao longo da reunião, 17 participantes, dentre lideranças comunitárias, moradores e servidores públicos ocuparam a tribuna para fazer elogios à administração municipal e também para apresentar reivindicações pontuais sobre os bairros ou regiões. Todas as solicitações apresentadas foram respondidas pelos secretários municipais presentes ao encontro.


SERVIÇOS PARA


ACESSO RÁPIDO