Fiscalização da PMVV, Guarda Municipal e PM promovem ação em oito bairros


De: Secretaria de Defesa Social e trânsito, Secretaria de OBRAS, Secretaria de Saúde, Secretaria de Serviços Urbanos, Secretaria de Meio Ambiente
Texto: Vandique Magalhães| Foto: Felix Falcão
Criado: 04 de fevereiro de 2019

Para um melhor ordenamento da cidade e por mais mais segurança e paz social à população, a Prefeitura de Vila Velha intensificou as ações de fiscalização em festas clandestinas. Com o apoio da Guarda Municipal e da Policia Militar (PM), as equipes da administração percorreram oito bairros da cidade, na madrugada deste domingo (3).

Uma festa, em um ambiente fechado, foi interrompida em Pedra dos Búzios. O estabelecimento, localizado na Avenida Américo Bernardes, já havia sido notificado pela fiscalização na madrugada de sábado (2), por conta de irregularidades no funcionamento.
Duas geladeiras usadas que serviam como freezers para festas em Cobi de Baixo foram aprendidas. A fiscalização percorreu os bairros de Primeiro de Maio, Argolas, Atalaia, Ilha das Flores, Vale Encantado, Santa Rita, Sagrada Família e Cobi de Baixo, que havia anunciado uma festa nas redes sociais.

O secretário municipal de Defesa Social e Trânsito, o coronel Oberacy Emmerich Júnior ressalta que as ações promovem a paz social em Vila Velha: “As ações preventivas e de fiscalização são muito importantes para a proteção e a segurança à população”.

A PM contou com o trabalho do cão Killer e utilizou um drone na operação, que reuniu quase 100 pessoas entre policiais militares e civis, agentes da Guarda municipal e de fiscais de Posturas, Meio Ambiente, Obras, Vigilância Sanitária e servidores de diversas secretarias. A ação foi encerrada na manhã deste domingo (3).

 “A operação integrada está sendo muito positiva. Nosso objetivo é impedir que esses bailes clandestinos aconteçam sem autorização da Prefeitura e de outros órgãos competentes”, destacou o major Margon, da PM.

Aplausos

Muitos moradores aplaudiam, outros acenavam positivamente com a aprovação da operação, ao presenciarem a ação e a passagem do comboio de viaturas com policiais, agentes e fiscais pelas ruas do município.

Uma senhora que não quis se identificar disse que não vê a hora dessas operações acontecerem. “Bem que podiam ser mais frequentes”, sugeriu sob alegação de que são muito boas para a tranquilidade dos moradores. 


 


SERVIÇOS PARA


ACESSO RÁPIDO