Sala de Situação para monitorar prevenção contra o sarampo


De: Secretaria de Saúde
Texto: Marcelo Martins | Foto: Comunicação/PMVV
Criado: 10 de janeiro de 2019

Para executar um plano de contingência, em atendimento a um alerta epidemiológico emitido pelo Ministério da Saúde, relativo ao Espírito Santo, a Prefeitura de Vila Velha criou, nesta semana, uma Sala de Situação para monitorar e prevenir a incidência de sarampo na população do município.

A medida preventiva se faz necessária porque estados limítrofes ao Espírito Santo estão com casos confirmados da doença, impulsionando a imunização nos municípios capixabas, que não registram casos de sarampo há cinco anos.

Coordenada pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), a ação conta com a intensificação da vacinação da tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola), tendo como público alvo trabalhadores de saúde, profissionais da área de turismo e munícipes de 1 ano de idade aos 49 anos. 
 
Sarampo mata
 
Um alerta epidemiológico foi encaminhado aos estabelecimentos de saúde situados em Vila Velha, para o diagnóstico da doença, além de capacitações sobre imunização previstas para enfermeiros e técnicos de enfermagem.

Durante o verão, inicialmente, as vacinações acontecerão em shoppings de Vila Velha, aos sábados, e estarão disponíveis, independente da campanha, nas unidades de saúde do município, das 7 às 16 horas, com exceção da Prainha e Jardim Colorado.

“O que nos preocupa é que o sarampo mata muito mais do que a febre amarela. Daí a importância que a população procure proteção por meio da vacina”, conclui a coordenadora da Vigilância Epidemiológica da Semsa, a enfermeira Giovana Ramalho.
 
 


SERVIÇOS PARA


ACESSO RÁPIDO