Prefeitura inaugura Cras em Morada da Barra

De: Secretaria de Assistência Social, Secretaria de OBRAS, Secretaria de Gabinete
Texto: Rovena Cruz| Foto: Felix Falcão
Criado: 24 de janeiro de 2019
O prefeito Max Filho inaugurou nesta quinta-feira (24) o novo Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) em Morada da Barra. A nova unidade promoverá o atendimento a moradores de dez bairros da Grande Terra Vermelha, incluindo a área rural do município. Paralisadas durante oito anos, as obras da unidade foram retomadas pela atual administração.

Anteriormente, os usuários de parte da Grande Terra Vermelha (Região 5) precisaram que se deslocar até o Centro de Vila Velha para ter acesso às políticas de assistência social. Para mudar esta situação, o prefeito Max Filho determinou que o atendimento às famílias, durante a execução das obras da unidade de Morada da Barra, fosse realizado no Cras de Jabaeté, inaugurado pela Prefeitura de Vila Velha no final de 2017.

“Estamos resgatando um compromisso da Prefeitura de Vila Velha com a população da Grande Terra Vermelha. Adquirimos o terreno em nosso primeiro mandato, deixamos o projeto encaminhado, mas, posteriormente a obra não foi executada a contento. Por isso, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) multou a administração municipal, por não ter realizado a obra. Pagamos a multa e retomamos as intervenções em ritmo acelerado.

O Cras leva o nome de “Zezil Nunes de Moraes”, advogado, filantropo, dentista, diretor da Caixa Econômica Federal e empreendedor da região rural de Vila Velha. Na cerimônia de inauguração o prefeito Max Filho entregou uma cópia da placa de descerramento para a viúva Maria da Penha Lofego Sobreiro Nunes, que estava acompanhadas dos filhos.

Em quatro meses concluímos a unidade”, afirmou Max Filho. “A inauguração do Cras em Morada da Barra foi possível, também, pelo trabalho conjunto realizado pela Prefeitura de Vila Velha e a Câmara Municipal”, declarou o vice-prefeito Jorge Carreta.

O secretário municipal interino de Assistência Social, Rafael Gumiero , ressaltou que o novo aparelho público irá melhorar o atendimento social em todo o município, e, especialmente na Região 5: “O impacto será positivo. Estaremos atendendo melhor um território importantíssimo para o município”.

“Precisávamos da inauguração deste Cras. A Prefeitura de Vila Velha tem feito muito pela Grande Terra Vermelha”, elogiou Natalina Maria da Silva Cardoso, moradora do bairro João Goulart.

A coordenadora do Cras em Morada da Barra, Luana Valero Borges da Costa, explicou que, na nova unidade, os assistidos terão acesso ao Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, o CadÚnico,. Por meio do sistema de dados, as famílias são identificadas por meio de indicadores socioeconômicos. Com o CadÚnico é possível acessar ao Programa Bolsa Família (PBF), ao Programa de Erradicação ao trabalho Infantil (PETI), a passagens no transporte público para idosos, e ao Programa de Tarifa Social e Isenção em concursos públicos. 

O secretário municipal de Obras, Luiz Otávio de Carvalho, pontuou que a obra foi executada em tempo recorde: “Durante as intervenções, não paralisamos as obras, nem mesmo durante o período das fortes chuvas de novembro, e, nem quando o imóvel recebeu, por determinação judicial, as famílias que foram retiradas de um terreno particular localizado na região”.    
 
Também participaram da inauguração do Cras em Morada da Barra, vereadores, líderes comunitários e o diretor-geral da Assembleia Legislativa, Joel Rangel. O evento contou com a apresentação musical do conjunto Missão Criança para Jesus de Jabaeté.
 
 

SERVIÇOS PARA


ACESSO RÁPIDO