Áreas de risco serão mapeadas em Vila Velha

De: Secretaria de Defesa Social e trânsito
Texto: Vandique Magalhães| Foto: comunicação pmvv
Criado: 06 de novembro de 2018
As encostas do município serão mapeadas para a identificação e classificação dos pontos vulneráveis que acaso apresentem algum risco geológico. Para a realização do trabalho, a Prefeitura já abriu uma licitação para a contratação de empresa especializada com o objetivo de elaborar o Plano Municipal de Redução de Riscos (PMRR). Dados da Defesa Civil de 2012 apontam a existência de 17 áreas de risco na cidade.

Até o final do mês de dezembro, a Secretaria de Obras já programou a tomada de preço por parte das empresas interessadas em realizar o serviço. O trabalho consiste no mapeamento das áreas de risco nas encostas do município e a proposição de projetos com as intervenções necessárias para cada caso.

“Com diagnóstico o município contará com informações técnicas detalhadas sobre o risco de cada área para estabelecer prioridades nos locais em que se deve fazer as intervenções”, explicou o assessor adjunto da Defesa Civil, Augusto Bandeira. E ainda continuou: “Além disso, o município também poderá captar os recursos necessários”.

O secretário de Defesa Social e Trânsito, Oberacy Emmerich Júnior, disse que o trabalho é muito importante como medida preventiva. “Com certeza, os estudos geológico-geotécnico e as intervenções vão ajudar, em muito, na mitigação dos riscos”, justificou.

“A elaboração do termo de referência e o projeto básico para o edital de contratação da empresam contaram com a participação de vários técnicos das secretarias”, disse o secretário de Obras, Luiz Otávio Machado de Carvalho. E finalizou: “Dessa vez chegaremos ao final do certame com a contratação de empresa que venha realizar esse importante trabalho”.

SERVIÇOS PARA


ACESSO RÁPIDO