Prefeitura avalia o encaminhamento do projeto de financiamento de US$ 34 milhões

De: Secretaria de Gabinete
Texto: Vandique Magalhães| Foto: Pedro Lodi
Criado: 09 de outubro de 2018
A pré-aprovação do projeto de financiamento internacional de US$ 34 milhões (aproximadamente, R$ 130 milhões) para a execução de obras de pavimentação, drenagem e de infraestrutura urbana, além de melhorias ambientais em Vila Velha foi o tema mais debatido na Assembleia Popular desta segunda-feira (8), no Teatro Municipal, no Centro.

O pedido para a operação de crédito foi arquivado pela Câmara Municipal, mesmo após a Secretaria Municipal de Planejamento e Projetos Estratégicos ter cumprido todos os trâmites legais e técnicos necessários para a autorização do Legislativo. Caso recebesse a autorização, o município encaminharia o projeto a Secretaria do Tesouro Nacional (STN), no Ministério da Fazenda para concretizar o financiamento.

Os recursos seriam destinados a investimentos na requalificação urbana e ambiental de 30 bairros com a execução de obras de drenagem, pavimentação, iluminação, arborização, instalação de equipamentos e mobiliários urbanos, além da estruturação dos parques municipais da Manteigueira, Penedo, Marista e Moreno. 

Para isso, a Prefeitura propõe uma tomada de crédito com o Fundo Financeiro para o Desenvolvimento da Bacia do Prata (Fonplata) (instituição multilateral integrada pelo Brasil, Bolívia, Argentina, Paraguai e Uruguai) para investimentos em obras de infraestrutura na cidade, uma das demandas mais solicitadas pelas comunidades durante a realização das assembleias do Orçamento Participativo em 2017.

“Se ainda puderem analisar o mérito, nós vamos reenviar o projeto. É urgente pavimentar as vias da Região 5. E nós temos pressa”, disse o prefeito Max Filho, sob alegação de que vai estudar uma forma de reverter a situação.

A Assembleia Popular contou com a participação de lideranças comunitárias, moradores da cidade e secretários municipais.

SERVIÇOS PARA


ACESSO RÁPIDO