Mobilidade urbana: Vila Velha pretende expandir ciclovias

De: Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Mobilidade
Texto: Priscila Contarini | Foto: Divulgação.
Criado: 05 de outubro de 2018
Para melhorar a acessibilidade urbana em Vila Velha, a Prefeitura planeja expandir as ciclovias. Os estudos estão sendo realizados pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Mobilidade (Semdu) e as intervenções cicloviárias serão contempladas por meio do Plano Municipal de Mobilidade Urbana (Planmob), já contratado e em andamento. 
 
Hoje o município possui 46,2 km de ciclovias, sendo 1,7 km de ciclofaixa. A Prefeitura tem um planejamento preliminar de curto a longo prazo para implantação de novas ciclovias e ciclofaixas, bem como para resolução dos problemas de sinalização e acesso das ciclovias existentes.
 
São cerca de 27 km para serem implantados em curto a médio prazo (em cerca de quatro e cinco anos), dentre estas: ciclofaixa da Rua Leila Diniz, (Novo México), ciclofaixa da Av. Vitória Régia (Novo México a Brisamar), ciclofaixa da Av. Ruy Braga Ribeiro (Santa Inês), ciclofaixa da Av. Sérgio Cardoso (Araçás a Brisamar), conclusão da ciclovia da Av. Carlos Lindenberg (Santa Inês), ciclofaixa da Av. João Francisco Gonçalves (Cobilândia), ciclofaixa da Rua Itaiabaia (Coqueiral de Itaparica), ciclofaixa da Av. Califórnia (Grande Terra Vermelha), ciclofaixa ou ciclovia da Av. Brasil (Grande Terra Vermelha), entre outras.
 
Cerca de 48 km serão implantados a longo prazo (dependentes de intervenções viárias e não limitadas necessariamente a estes 48 km) como a Estrada Jerônimo Monteiro (Glória à Paul), Avenida Carlos Lindenberg à Av. Robert Kennedy (Cobilândia à São Torquato), ciclovia de Cobilândia à Vale Encantado, entre outras.
 
O planejamento detalhado dessas intervenções também está sendo consolidado no Planejamento Estratégico de Governo 2017 – 2020 e no Plano Municipal de Mobilidade e Acessibilidade (para dez anos), ambos instrumentos em fase atual de elaboração.
 
Sinalização
 
Outras intervenções já estão sendo realizadas. Até o final do ano, segundo a Engenharia de Trânsito da Secretaria Municipal de Defesa Social e Trânsito (Semdest) será realizada a sinalização cicloviária em toda a extensão da Avenida Jerônimo Monteiro, nos bairros da Glória, Jaburuna e Centro.
 

SERVIÇOS PARA


ACESSO RÁPIDO