Lixo jogado nas ruas atrapalha escoamento da chuva e causa alagamentos

De: Secretaria de Infraestrutura, Projetos e Obras
Texto: Érico Miranda| Foto: divulgação
Criado: 07 de fevereiro de 2018

Além de sua geografia (com inúmeros pontos localizados abaixo do nível do mar) e das demandas por melhorias estruturais, Vila Velha enfrenta um grave problema: o lixo descartado de forma irregular nos canais, nas galerias e na rede de esgoto de todo o município.
 
Em dias de chuva, o descarte de lixo nos canais e nos bueiros contribui para que haja alagamento em diversos pontos da cidade. Somente entre o domingo (04) e esta terça-feira (06), equipes da Prefeitura de Vila Velha retiraram 50 toneladas de lixo em todos os canais e nas três estações de bombeamento do município: do Canal da Costa, do Sítio Batalha e de Guaranhuns.
 
O acumulo de lixo nos canais e no sistema de esgoto é prejudicial para milhares de moradores de Vila Velha. A Prefeitura deslocou equipes para as três estações de bombeamento do município para retirar duas toneladas de resíduos sólidos acumuladas nesses locais.
 
“Solicitamos que toda a sociedade se una ao nosso trabalho coibindo essa prática, não descartando o lixo nas ruas ou nas galerias da cidade. No domingo (04), por exemplo, choveu muito, principalmente nas Regiões 4 e 5 e boa parte do lixo foi parar nos canais e nas estações de bombeamento, provocando alagamento em diversas áreas”, afirmou o secretário municipal interino de Infraestrutura, Projetos e Obras (Semipro), Luciano Manoel Machado.
 
O trabalho de recolhimento do lixo e o monitoramento das redes pluvial e fluvial de Vila Velha é realizado pela Semipro, pela Secretaria Municipal de Prevenção, Combate à Violência e Trânsito (Semprev), além da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsu). 


SERVIÇOS PARA