Cramvive ganha apoio de duas instituições

De: Secretaria de Assistência Social
Texto: Rovena Cruz| Foto: Divulgação
Criado: 05 de fevereiro de 2018

Uma parceria que vai ajudar mais mulheres vitimizadas em Vila Velha. O Centro de Referência no Atendimento Especializado à Mulher em Situação de Violência Doméstica de Vila Velha (Cramvive), ganhou o apoio de duas instituições nesta quarta-feira (31), a Rotary e a Casa da Amizade. Uma indicação da coordenadora de enfrentamento à violência doméstica e familiar, juíza do Tribunal de Justiça do Espírito Santo (TJES), Hermínia Azoury.

O encontro foi na sede do projeto, no Centro de Vila Velha, e contou com a presença de representantes das instituições. De maio até hoje o Cramvive fez cerca de 500 atendimentos. A intenção é ampliar a efetividade da Lei Maria da Penha as mulheres que buscarem apoio junto à estrutura montada que terá um reforço com a parceria firmada.

Para a secretaria de Assistência Social Ana Cláudia Simões, a primeira reunião foi para alinhar a parceria na mobilização de recursos para ajudar na infraestrutura do projeto. “Definimos ações de mobilização para conseguir atender as demandas necessárias”, disse.

O Rotary é uma associação de líderes de negócios e profissionais, unidos no mundo inteiro, que prestam serviço humanitário, e a Casa da Amizade promove atividades de associações de defesa de direitos sociais.


SERVIÇOS PARA