Prefeitura elabora plano para enfrentar desastres naturais

De: Secretaria de Gabinete
Texto: Vandique Magalhães| Foto: Felix Falcão
Criado: 17 de janeiro de 2018

Para dar uma resposta mais rápida e eficiente em situações de desastres naturais, o município de Vila Velha começou a elaborar um plano de contingência na tarde desta quarta-feira (17), em uma reunião no gabinete do prefeito Max Filho, na sede da Prefeitura Municipal (PMVV), em Coqueiral de Itaparica.

Durante o encontro, foi iniciado o detalhamento das atribuições e a capacitação dos servidores envolvidos bem como os pontos focais a serem estabelecidos. “Tudo isso para que o município esteja pronto a dar uma resposta rápida”, justificou o prefeito, que comandou a reunião.

Ele acrescentou: “para esses casos, o orçamento da Defesa Civil é de toda a PMVV, que envolve todas as secretarias. Devemos mapear todos os pontos suscetíveis da cidade para produzirmos um documento eficaz”, complementou Max Filho ao falar das enchentes que atingiram o município no início de 2004. Nesse período, o prefeito decretou estado de calamidade pública. “Na oportunidade, demos uma resposta muito rápida”, relembrou.

Durante a reunião, o assessor adjunto da Defesa Civil, Augusto Bandeira, apresentou um esboço do plano de contingência com os objetivos, legislação, planejamento, órgãos e instituições envolvidas. A PMVV já contratou uma empresa para mapear toda a cidade e elaborar o plano de municipal de redução de riscos, cujos dados serão também incorporados ao plano de contingência. 

Em caso de necessidade, o acionamento do plano será responsabilidade do secretário municipal de Prevenção, Combate à Violência e Trânsito (Semprev), cel. Oberacy Emmerich Júnior. “É um recurso que não queremos utilizar”, disse.

Participaram da reunião o vice-prefeito Jorge Carreta, o subsecretário municipal da Semprev, Andrey Carlos Rodrigues, o subsecretário da Guarda Municipal, Márcio Ferreira e o engenheiro da Defesa Civil, Pedro Wyatt Pereira.


SERVIÇOS PARA