Projeto "Escola Colorida" renova espaços em escolas municipais

De: Secretaria de Educação
Texto: Priscila Contarini| Foto: Divulgação
Criado: 22 de dezembro de 2017

Um trabalho realizado por mãos pequeninas e habilidosas. Os muros da UMEI ”Maria Emelina Mascarenhas Barcellos”, na Barra do Jucu, ganharam um novo visual com as obras artísticas realizadas com a técnica de arte-relevo feitas pelas próprias crianças. Humanizar os espaços públicos e democratizar a produção artística local são os pontos de partida do projeto "Escola Colorida", realizado pela Prefeitura de Vila Velha, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), setor de Arte e Cultura.

Dar oportunidade a alunos e moradores do bairro a compreender o real significado da arte como garantia da humanização dos espaços. Segundo o artista, professor e responsável pelo projeto, Toninho Natural, “é muito bacana você ver qual é o olhar que eles têm do local onde vivem”, declarou.

O intuito foi trabalhar a arte em si e os muros da escola ficaram mais coloridos, valorizando a unidade e a autoestima dos alunos, ressaltou a diretora da Umei, Rosa Mendes Dias.

“Primeiro eles fizeram um passeio reconhecendo o local em que vivem, e, após, para escolher o que seria retratado ali, realizamos uma competição saudável para definir os melhores desenhos”, frisou.

Eles tiveram um entendimento muito grande pois desenharam o que vivenciaram, comentou a professora Luzine Depiantti. “Foi maravilhoso e os alunos cresceram muito por meio desse trabalho em equipe”, garantiu.

“Foram motivados a utilizar as cores e o envolvimento deles foi especial, é muito gratificante você ver este resultado”, comentou, emocionada, a professora Vilma Gaudino Graça, que ficou encantada com o entusiasmo dos alunos para a realização do projeto.

Segundo a diretora da escola, Rosa Mendes Dias, os resultados deixaram os alunos com a autoestima elevada e passaram a ter um entendimento maior em relação à arte enquanto valor do ser humano. “Utilizamos os próprios desenhos dos alunos para ilustrar os muros. Uma atividade artística que vai se perpetuar e onde os pequenos puderam imprimir a sua marca”, comentou.

O projeto visa desenvolver o potencial dos alunos, o despertar da sensibilidade, o resgate da autoestima, a sociabilidade e a percepção reflexiva do mundo que os cercam.



SERVIÇOS PARA