Iniciadas as pesquisas domiciliares do PlanMobVV

De: Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Mobilidade
Texto: Priscila Contarini| Foto: Divulgação
Criado: 03 de outubro de 2017

As pesquisas domiciliares do Plano de Mobilidade e Acessibilidade de Vila Velha (PlanMobVV), tiveram início nessa segunda-feira (02), de forma simultânea nas cinco Regiões do Município. Ao todo 10 mil residências serão visitadas.O Plano é desenvolvido pela Prefeitura de Vila Velha, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Mobilidade (SEMDU), em parceria com o consórcio MYR-Locale  Trânsito e Transporte.

Segundo o secretário da Semdu, Antônio Marcus Carvalho Machado, as pesquisas domiciliares são essenciais. “É importante que a população receba bem os pesquisadores, pois esta etapa é fundamental para o diagnóstico”, comentou. Com a participação da população, vamos conseguir planejar intervenções de curto, médio e longo prazo, de acordo com a necessidade do cidadão e também otimizar a utilização dos investimentos públicos, pontuou.

 O PlanMobVV tem como objetivo ouvir os cidadãos e dessa forma desenvolver propostas para o sistema viário e os sistemas de transportes, para que os deslocamentos de pessoas e bens na cidade ocorram de forma sustentável, contribuindo para o seu desenvolvimento econômico, social e ambiental. O Plano servirá como orientação para os investimentos em mobilidade urbana feitos na cidade nos próximos dez anos, a partir de 2018.
 
Visitas domiciliares

O consórcio MYR-Locale Trânsito e Transporte vai realizar 10 mil visitas domiciliares e não-domiciliares, oficinas e eventos comunitários, além de pesquisas do Sistema de Transporte, com o intuito de ouvir a população.

As pesquisas domiciliares já tiveram início e seguem por mais 45 dias. A população poderá receber os técnicos que realizarão os questionamentos, de terça-feira a sábado, de 8h às 20h. A equipe atuará identificada com crachá e colete azul. A média de duração dos questionamentos é de 40 minutos.
 
Com a colaboração da população, após consolidado o diagnóstico completo, a empresa vai desenvolver cenários e diretrizes para compor projeto de Lei, que será enviado para apreciação da Câmara Municipal de Vila Velha. O objetivo é tornar o município uma cidade acessível para os cidadãos, melhorando a mobilidade das pessoas e cargas, com segurança e sustentabilidade, dando prioridade para os meios de transporte não motorizados e coletivos.
 
OFICINAS

Além das visitas domiciliares, confira a agenda das “Oficinas de Trabalho com a Comunidade”, realizadas do dia 2 a 7 de outubro:
 
►Dia 02/10/17 – Região 01 – UMEF “Senador João de Medeiros Calmon”, Praia das Gaivotas – 18h30;
►Dia 03/10/17 – Região 02 – UMEF “Reverendo Antônio da Silva Cosmo” (Escola Parque), Jardim Colorado – 18h30;
►Dia 04/10/17 – Região Rural – UMEF “Waldomiro Martins Ferreira”, Xuri – 18h30;
►Dia 05/10/17 – Região 04 – UMEF “Pedro Herkenhoff”, Cobilândia – 18h30;
►Dia 06/10/17 – Região 05 – UMEF “Christiano Dias Lopes ”, São Conrado – 18h30;
►Dia 07/10/17 – Região 03 – UMEF “Leonel Brizola”, Santa Rita – 8h.
 

COMO A POPULAÇÃO PODE COLABORAR?

Pela Internet: Você pode enviar um e-mail com a sua sugestão para: planmobvv@vilavelha.es.gov.br, ou obter mais informações no portal www.vilavelha.es.gov.br/planmobvv

Por Telefone: Você pode ligar para a coordenação do plano, tirar dúvidas e registrar a sua ideia no (27) 3149-7298.

SERVIÇOS PARA

ACESSO RÁPIDO