Prefeitura vai captar R$ 40 milhões para investimentos em infraestrutura

De: Secretaria de Gabinete
Texto: Vandique Magalhães| Foto: Pedro Lodi
Criado: 08 de agosto de 2017

Para garantir investimentos em infraestrutura em um cenário de queda na arrecadação na receita de Vila Velha, o prefeito Max Filho anunciou a captação de R$ 40 milhões, sendo metade desses recursos provenientes de financiamento internacional e a outra parte com o Governo Estadual, como contrapartida para o empréstimo. 

As declarações foram feitas por Max Filho na Assembleia Popular realizada na noite desta segunda-feira (7), no Teatro Municipal "Elio de Almeida Vianna", depois de uma exposição do secretário de Finanças, Evandro Alves Vieira, sobre a queda na arrecadação no primeiro semestre do ano e também da previsão de manutenção das taxas negativas nos próximos meses, conforme histórico de anos anteriores.

A arrecadação do município foi 11,6% menor do que a previsão orçamentária para o ano de 2017. A receita do Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISS) apresentou uma queda nos primeiros meses do ano de 19,53% em relação ao ano de 2016. O mesmo aconteceu com o Imposto Sobre a Transmissão de Bens Imóveis (ITBI), que teve uma redução de 4,1% em relação à 2015.

“A receita apresentou uma reação nos meses de junho e julho, mas se manteve em declínio”, explicou o prefeito Max Filho sob alegação de que vários foram os fatores que contribuíram com a queda. Entre eles citou a crise econômica nacional, com um crescimento negativo do país, a crise do petróleo e a hídrica, e também a paralisação das atividades da Samarco no Estado.

Dois dos seis oradores na Assembleia Popular reivindicaram melhorias na infraestrutura dos bairros. O vice-presidente da Associação de Cobilândia, João Batista Azeredo pediu intervenções em ruas, praça, ponte e a recuperação de uma quadra no bairro. A vice-presidente da Associação de Moradores de Santa Inês, Maria Aparecida Teixeira, também reivindicou a limpeza da rede e melhorias na pavimentação de ruas da região.

Presente na reunião, o secretário de Infraestrutura, Projetos e Obras, Luiz Otávio Machado de Carvalho, respondeu que vai analisar a viabilidade de cada reivindicação apresentada pelos representantes das comunidades. O secretário de Saúde, Jarbas Ribeiro de Assis, também se manifestou e disse que vai ampliar o projeto de desratização para todo os bairros do município.

Mas a maioria dos oradores inscritos para falar na reunião aproveitou mesmo foi para registrar agradecimentos a ações da Prefeitura. Um deles foi registrado pela presidente da Associação de Moradores de Pontal das Graças, Jucimara Santos de Oliveira, pela melhoria no bairro em função dos alagamentos com as últimas chuvas.

“O clamor da população é por infraestrutura”, diagnosticou Max Filho. E acrescentou: “Se der tudo certo com o financiamento, nós vamos investir em obras que vão trazer mais qualidade de vida à população”, enfatizou.

SERVIÇOS PARA

ACESSO RÁPIDO