Prefeito busca investimento do Governo Federal para regularização fundiária

De: Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Mobilidade, Secretaria de Gabinete
Texto: Érico Miranda| Foto: Comunicação/PMVV
Criado: 11 de julho de 2017

Durante a assembleia popular realizada na noite desta segunda-feira (10), no Teatro Municipal, na Praça Duque de Caxias, o prefeito de Vila Velha, Max Filho, anunciou que buscará junto ao Governo Federal o suporte necessário para realizar a regularização fundiária de centenas de lotes no município.

Nesta terça-feira (11) Max Filho estará em Brasília para tratar do Projeto de Regularização Fundiária “Viver Legal”. A meta é legalizar a moradia de 1.599 famílias em Vila Velha. Em junho, a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Mobilidade (Semdu), entregou 50 certificados a moradores do loteamento “Ewerton Montenegro”, localizado no bairro Ataíde.  Foi a primeira comunidade contemplada pela ação.

“Nesta terça-feira (11) o presidente Michel Temer irá sancionar a Lei de Regularização Fundiária. Nossa administração, em Vila Velha, já saiu na frente, ainda contando apenas com uma Medida Provisória. Estarei em Brasília para tratar desta e outras questões referentes ao nosso município”, afirmou o prefeito.

Morador de Ponta de Fruta há 22 anos e um dos líderes comunitários da Região 5 da cidade, Rafael Ferrari de Almeida, reivindicou durante a assembleia popular a pavimentação de vias públicas da localidade: “Pedimos o apoio da Prefeitura de Vila Velha para que a infraestrutura melhore em nosso bairro”.

O secretário municipal de Infraestrutura, Projetos e Obras, Luiz Otavio Machado de Carvalho, afirmou que Ponta da Fruta terá novos projetos estruturais que serão discutidos junto com a comunidade local. “Estamos realizando novos estudos para solucionar as principais demandas da comunidade. A pavimentação de ruas na região passa por essa análise. Mas, tudo será feito com critério”, declarou Luiz Otavio Machado de Carvalho.  

SERVIÇOS PARA

ACESSO RÁPIDO