Praga urbana: população ajudará na cata do caramujo na praia

De: Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Mobilidade
Texto: Syria Luppi| Foto: Comunicação/PMVV
Criado: 20 de julho de 2017

A Prefeitura de Vila Velha, por meio da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsu), firmou parceria com o Movimento Vida Nova Vila Velha (Movive) para que a população seja mobilizada para ajudar na coleta do caramujo africano, presente na orla da Praia da Costa, Itapoã, Itaparica e outras praias.

A Semsu começou a coleta no dia 10 de junho, porém, o apoio da população será primordial para conter o avanço dos animais pela restinga. Estão sendo recolhidos, em média, 180 quilos de caramujos por dia na orla nos dois turnos de trabalho. “A incidência está alta e temos a preocupação que ele possa chegar até Jacarenema. Aí teremos um impacto ambiental sem precedentes, pois o caramujo come a vegetação. Ele não tem predador natural e se tornou uma praga urbana”, falou a secretária municipal Marizete de Oliveira.

Suellen de Angeli, coordenadora do projeto Amigos da Restinga/Movive, disse que vai colaborar com a mobilização das associações de moradores, voluntários e universitários para que o trabalho de catação seja intensificado. “Precisamos unir esforços para o trabalho de coleta que deve ser manual. Não se pode colocar veneno na restinga nem em vias públicas”, completou.

A Semsu vai estabelecer pontos de coleta ao longo da orla para que a população possa acondicionar os animais. É importante destacar que o caramujo só deve ser catado com proteção nas mãos (luvas ou sacolas plásticas). O animal não deve ser esmagado, pois os ovos grudam na sola do calçado e podem ser espalhados pela cidade. A sacola deve ser bem vedada para que ele não fuja. Os animais recolhidos são eliminados pela Prefeitura, via Corpus Engenharia. A população pode obter informações por meio da Ouvidoria Municipal 162.

Atenção às dicas:

–   Os moluscos devem ser coletados sempre com uma proteção nas mãos, como luvas descartáveis ou sacolas plásticas;
–   Não se deve usar veneno, sal ou outras substâncias para matar o animal, pois podem contaminar o ambiente e não afetam o molusco. Somente o cal virgem vai matar tanto os ovos quanto o animal adulto;
–   Os animais recolhidos devem ser enterrados em uma cova de aproximadamente 40 cm, utilizando o cal virgem no fundo da vala;
–   Jamais ingeri-lo;
–   Não transportá-los nem jogá-los vivos em áreas de vegetação.
 
 

SERVIÇOS PARA

ACESSO RÁPIDO


VILA VELHA EM DIA