Confira o teste de Balneabilidade das praias e lagoas

De: Secretaria de Desenvolvimento Sustentável
Texto: Paulo Borges Filho| Foto: Claudiano Gomes
Criado: 28 de julho de 2017

Dos 14 pontos onde foram coletadas amostras de avaliação na 4ª semana de análise da Balneabilidade na orla de Vila Velha, sete pontos estão próprios para banho e outros sete pontos estão impróprios, como a Praia do Barrão, na Barra do Jucu, Lagoa Grande em Ponta da Fruta, Praia de Ponta da Fruta em frente à pracinha, Praia da Barrinha, próximo à foz do rio Jucu, Praia de Itapuã em frente à Rua Jair de Andrade (Ed. Beverly Hills), Praia do Ribeiro e Prainha.

Os locais próprios para o banho são: Lagoa Morada do Sol – Em frente à Rua Gerânios, Praia dos Recifes – Em frente à Rua Mar Azul, Praia de Ponta da Fruta II – Em frente à Rua da Bomba, Praia de Itaparica I – Em frente à Rua Itaiabaia, Praia de Itaparica II – Colônia de Pescadores, Praia da Costa – Em frente a Av. Champagnat e  Praia da Costa (Praia da Sereia).       
 
De acordo com técnicos da Subsecretaria de Meio Ambiente de Vila Velha, os resultados desta semana tiveram influencia direta do longo período de chuvas intensas que caíram na região.

 A Praia do Barrão por exemplo, é próxima a foz do rio Jucu, que recebe um grande volume de esgoto em toda a sua extensão, acaba interferindo diretamente na classificação desta praia, principalmente quando há ventos fortes e mudança das correntes marinhas que lançam as águas em direção à praia. 

 A subsecretaria recomenda  que a população evite sempre o banho em praias influenciadas pela presença de cursos d’água, principalmente em áreas que estejam diretamente sob influência de rios, canais e córregos contaminados  pelo lançamento de esgotos, havendo maior risco de se contrair doenças infecciosas.  

A balneabilidade é um procedimento ambiental que avalia as condições sanitárias das águas destinadas à recreação e aos esportes aquáticos, quando ocorre o contato direto do banhista com a água, tanto no banho de mar como de lagoas. A placa verde significa "Própria" e a placa vermelha indica "Imprópria" para o banho. As trocas dessas placas são feitas de acordo com os resultados das análises microbiológicas realizadas, conforme instruções contidas na resolução do Conselho Nacional do Meio Ambiente (CONAMA) nº 274/2000.      

Além das placas indicativas a prefeitura vai divulgar os resultados através do link:

Confira os locais próprios e impróprios para o banho

SERVIÇOS PARA

ACESSO RÁPIDO


VILA VELHA EM DIA