Prefeito quer recuperar prédio da prefeitura que está abandonado

De: Secretaria de Gabinete
Texto: Alvarito Mendes| Foto: Walter Closs
Criado: 14 de março de 2017

Indignação! Este foi o sentimento experimentado pelo prefeito Max Filho ao visitar, na manhã desta segunda-feira (13), o imóvel da PMVV localizado na Avenida Champagnat, 792, em frente ao Colégio Marista.

Durante a gestão anterior de Max Filho frente ao Executivo Municipal, neste prédio funcionaram as secretarias de Finanças, Administração e Tecnologia da Informação.

Passados oito anos e as administrações de outros dois prefeitos, o imóvel se encontra agora praticamente em ruínas. Janelas e portas foram arrancadas, as muitas salas do imóvel estão entulhadas de tudo quando foi descartado pelos vários setores da prefeitura. Sem merecer melhor destinação pelos gestores municipais anteriores, cadeiras quebradas, mesas e armários danificados, aparelhos de ar-condicionado com defeito, pastas de arquivo morto, tudo foi amontoado ali.

Apenas uma pequena parte do prédio está minimamente conservada e ocupada pelo pessoal da Engenharia de Trânsito. No mais, a situação do imóvel é degradante, apesar de estar localizado no Centro, uma das regiões mais valorizadas da cidade.

“A situação deste imóvel é um tapa no rosto de todos nós, moradores de Vila Velha”, lastimou o prefeito. “Mas a população pode ficar tranquila. Este é um imóvel público e a prefeitura vai tratar de recuperá-lo”.
Segundo o prefeito, uma das possíveis destinações para o prédio é ele, uma vez restaurado, abrigar a Secretaria Municipal de Saúde, que hoje ocupa três andares do prédio da antiga Faculdade Metodista, na Rua Castelo Branco, também no Centro.

A mudança da Secretaria Municipal de Saúde de um imóvel em que paga aluguel, para outro pertencente à prefeitura, permitirá que a administração municipal economize recursos importantes a serem aplicados nos programas sociais do município.

“Além disso, esta é uma iniciativa que faz parte de nosso esforço de conter gastos”, disse o prefeito, que promete ir atrás dos recursos necessários para a recuperação do prédio.

“Abandonado como está, ele não pode ficar”, afirmou Max. “Nossa constatação é que os prefeitos que me antecederam trataram este prédio como se ele fosse um imóvel inservível, o que não é o caso. Até por sua excelente localização, este é um imóvel da maior importância para a prefeitura. A ideia é recuperá-lo para uso do povo de Vila Velha”.

SERVIÇOS PARA

ACESSO RÁPIDO


VILA VELHA EM DIA