Prefeito planeja arborização da cidade

De: Secretaria de Gabinete
Texto: Gilberto Medeiros| Foto: Gilberto Medeiros
Criado: 10 de março de 2017

O prefeito Max Filho autorizou os estudos para elaboração do plano de arborização de Vila Velha, com foco na humanização dos espaços públicos com plantas nativas. Na manhã desta sexta-feira (10) o prefeito visitou a Associação Vilavelhense de Proteção Ambiental (Avidepa), na Praia da Costa, para discutir uma parceria de cooperação técnica sem despesas para o município.

O presidente da Avidepa, César Musso, recordou a implantação do paisagismo ao longo da Avenida Gil Vellozo, na Praia da Costa, na década de 1980, e os critérios seguidos à época. Ele criticou a troca das árvores, já na década de 2010, por coqueiros.

“O projeto de paisagismo da orla foi escolhido por meio de concurso público, com o envolvimento da sociedade. Foram utilizadas mudas de plantas nativas, tudo feito com muito critério. Depois, trocaram por coqueiros, o que foi uma agressão, um desordenamento da cidade”, ressaltou.

O prefeito ponderou que o plano de arborização da cidade tem de ser dialogado com a sociedade. Uma das propostas do prefeito é instituir o plano de arborização urbana por meio de uma lei.

“Fazendo audiências públicas, ouvindo as pessoas, vamos encontrar a melhor forma de fazer. Sempre com transparência, pois nos assuntos do poder, o melhor detergente é o sol”, afirmou.

Max disse que quer a Avidepa junta nesse processo. “O nosso desejo é compor uma parceria e o acordo de cooperação técnica, que não vai implicar em repasse de recursos, é uma boa ideia. A Avidepa é uma grande produtora de mudas e pode fornecer para esse projeto”, completou.

Também participaram da visita à Avidepa o vice-prefeito Jorge Carreta, a secretária de Serviços Urbanos Marizete Silva, o subsecretário de Meio Ambiente Maurício Gorza, o subsecretário de Turismo Carlos Von Schilgen e o deputado estadual Hércules Silveira.

SERVIÇOS PARA

ACESSO RÁPIDO