Várias entidades da sociedade civil organizam o ato “Abrace o Rio Jucu” neste domingo (26), com saída da Praça Pedro Valadares, na Barra do Jucu, a partir das 8 horas. O ato vai culminar com abraço simbólico ao rio. 

Após a concentração na pracinha, os participantes seguem em caminhada por uma pista da Rodovia do Sol até a ponte sobre o Rio Jucu, onde ocorre o abraço, com o fechamento das duas pistas da via. Após isso, todos retornam à Praça Pedro Valadares, onde haverá atividades culturais e artísticas durante toda manhã. As atividades marcam a celebração do Dia Mundial da Água (22), data estabelecida em 1992 pela Organização das Nações Unidas (ONU). 

A água é considerada um tema transversal e da maior importância pela administração de Vila Velha. E foi com essa preocupação que o prefeito de Vila Velha, Max Filho decidiu participar do ato e encampar a luta pela preservação do Rio Jucu, um dos principais mananciais do Estado.

“Estamos trabalhando a questão da água e do meio ambiente desde o primeiro dia de mandato. Estou reunindo as universidades, empresários, empreendedores, instituições e os moradores para encontrar soluções duradouras para a poluição e escassez de água”, afirmou o prefeito.

Responsável pelo abastecimento de 60% da Grande Vitória, o Rio Jucu vem sofrendo com a poluição, assoreamento e baixa vazão. A prefeitura acompanha a situação do rio junto ao Comitê de Bacias Hidrográficas e monitora o nível da sua foz para evitar o seu fechamento na boca da barra e evitar a morte de peixes e alagamentos.

“O momento é oportuno para a conscientização da sociedade a respeito do uso desse recurso natural tão essencial para a vida”, defende o subsecretario de Meio Ambiente, Maurício Gorza. Para ele, a preservação e o uso racional da água são fundamentais para garantir qualidade de vida para as nossas e as futuras gerações e "o rio Jucu é o cidadão número um de Vila Velha".

MAIS NOTÍCIAS